Leiam, reflitam, sonhem, viajem e comentem... Os comentários são importantes para sabermos suas opiniões.

domingo, 4 de março de 2012

O MANIFESTO DA PAIXÃO


A paixão é quente
como o inferno
e arde,
como suas chamas eternas.

Quantas linhas escritas não foram escritas
quantas palavras, reprimidas
quantas lágrimas, engolidas
         era amargo o seu sabor
         todo um oceano de amor
         e os oceanos não são como os rios
(que um dia deságuam em algum lugar)

Meu coração e meu cérebro travam
um duelo mortal
(sem previsão de um vencedor no final)

Até quando vou me machucar,
- pergunta meu coração
até quando vamos nos ferir,
-perguntam meus pés

         Meus olhos recebem a cor,
         meus ouvidos recebem o som
         mas só parcialmente os absorvem

ando pelos caminhos do planeta
                   suavemente
a lua deita sobre mim
                   o seu matreiro olhar
                    -zombando
do meu (lamentável) estado.

A gente nunca aprende com a paixão
por que o sentido dela não é ensinar
                   mas o de vivê-la
                   até o fim
                   até à exaustão.

                                             Sheila Camargo


.