Leiam, reflitam, sonhem, viajem e comentem... Os comentários são importantes para sabermos suas opiniões.

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

15 ANOS SEM CHICO SCIENCE

Dos tambores, às batidas dos maracatus. Do baque solto da zona da mata, onde os caboclos de lança festejam sua hora em movimentos coreografando sua batalha. Do baque virado das nações eletrizando a calunga que sobe e desce no espaço. E das antenas que no subúrbio da manguetown captavam ecos de outros batuques. Das rufadas das caixas praieiras dos cirandeiros contando as batidas do mar. E na vontade elétrica das palavras no ritmo e poesia dos repentistas. Nada errado em encontrar grande master flash com caju e castanha. Kraftwerk com o côco de roda. Batidas virtuais que nos leva ao côco. Maracatu, ciranda soul, calypso. makossa, funk e samba.

Este disco é inteiramente dedicado a Francisco de Assis França (Chico Science).
Sem sua inspiração, suporte e entusiasmo nada disso seria possível.

Jorge dü Peixe
(No encarte do Chico Science e Nação Zumbi)


.