Leiam, reflitam, sonhem, viajem e comentem... Os comentários são importantes para sabermos suas opiniões.

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

ESTAREI ESPERANDO...

Quando estiver caminhando
Não mude por outro caminho
Passa aqui na minha rua,
Deixe seu perfume aromatizar
Para sua presença registrar;

E ao passar, que seja de vagar,
Não tenha pressa em cruzar
As poucas linhas de demarcação
Que existem fixadas pelo chão,
Elas só marcam sua aproximação;

Pois se ultrapassar as linhas
Alimentará meus pensamentos,
Incentivará minhas inspirações,
Acordará meus dons ocultos
Aflorando os sentimentos
Que descrevem seus movimentos
Em seus dias de encantamentos.

Não deixe de passar por aqui
Pela rua onde fico esperando,
Por todos os dias imaginando
Sua beleza por aqui caminhando
E seu doce perfume exalando;

Quando passar caminhando
Não precisa nem me avisar,
Eu já fico aqui a observar
As luzes do seu forte brilho
Pelas frestas da minha janela
Que aqui invade pra iluminar
E às claras me deixar;

E se não mudar seu caminho
Por favor, passe de vagar,
Não se preocupe com as linhas,
Ultrapasse sem medo de olhar,
Elas só fazem mesmo marcar,
Pois o que mais importará
Será o bem que me deixará;

Não me importa se partirá
Logo depois que aqui passar,
Seguindo o seu caminho,
Trilhando seu destino.
Não lhe importa meu desatino;

Amanhã também estarei aqui
Quando passar caminhando,
Exalando seu doce perfume
E seu dourado iluminando
As frestas da minha janela
De onde eu fico te esperando;

E mais feliz me fará ficar
Se tiver coragem em ultrapassar
As linhas de marcação
Que te levam ao meu portão
E seu perfume lá deixar.

Passa aqui na minha rua,
Quando estiver caminhando,
Chegue próximo ao meu portão,
Deixe seu brilho e seu perfume.
Estarei esperando...

                                   Alexandre Taissum


.