Leiam, reflitam, sonhem, viajem e comentem... Os comentários são importantes para sabermos suas opiniões.

quinta-feira, 10 de maio de 2012

A CHEGADA DA MARIANA MENINA


Menina que chega
Lá na fronteira
Encanta o campeiro
Tropeirada ordeira
Fronteada pelo pai
Que por ofício sai
Cruzando gramados
Relvas e pastados
Que volta trotando
Pra vir conhecer
Menina que chega
Do jeito da mãe
E do pai assemelha
Marcando presença
Naquele canto da terra
Onde a geada afronta
O calor se inibe
A fala contagia
E o chimarrão
Que jamais esfria
O tropejar se cala
Para ouvir o choro
Que chega no colo
Do orgulho esguio
De uma mãe feliz
Em pleno frio
Da terra matriz
Na manhã clara
Em que o sol se apina
E o Pampa todo para
Pra contemplar
Mariana Menina...

         Alexandre Taissum


.