Leiam, reflitam, sonhem, viajem e comentem... Os comentários são importantes para sabermos suas opiniões.

segunda-feira, 16 de abril de 2012

INESQUECÍVEL, TEU NOME


Nas alamedas de minha vida
Caminhei cantarolando
Teu nome, pessoa querida
Eu vivia chamando

Era um fixo pensar
Desejava não querer
Mas tão doce, seu olhar
Sobre mim queria ter

Suas mãos a me afagar
Era toda fantasia
O desejo de te amar
Me tomava de alegria

Mas era tudo embriaguez
Me embebedei deste amor
Perdi a lucidez
Não percebi a sua dor

Essa dor me atingiu
Machucou que até sangrou
O meu peito se abriu
Teu desprezo me cortou

Hoje meu passeio é silencioso
Minhas alamedas ainda florescem
Em meu refúgio precioso
As flores favoritas crescem

Não desprezarei a paisagem
Apesar de não mais cantar
Teu nome foi passagem
Mas sempre hei de lembrar

                                                             Adri Verdi


.