Leiam, reflitam, sonhem, viajem e comentem... Os comentários são importantes para sabermos suas opiniões.

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

PENSANDO EM BLAVATSKY


Viver a vida na totalidade
fechar os cinco sentidos
a toda forma de realidade.

Penetrar os labirintos de Blavatsky,
percorrer suas múltiplas, infinitas salas,
mergulhar o vasto mar de Blavatsky
         absorto na Voz do Silêncio
         na Grande Noite
na Substância Primordial.

Refazer-se no Pralaya de Blavatsky
buscar sua infinidade e eternidade
                   e seguir
                   o Ser e o Não-Ser,
                   do Irreal ao Real.

As pessoas animadas pelo ideal
são capazes de a tudo resistir
no caminho ascensional.

Trilhar essa difícil Senda,
será, por certo,
uma grande bênção.
no final.

                              Sheila Camargo (alternando com Blavatsky)


.