Leiam, reflitam, sonhem, viajem e comentem... Os comentários são importantes para sabermos suas opiniões.

domingo, 18 de dezembro de 2011

PENSANDO EM BLAVATSKY - PARTE II

Quando Blavatsky surgiu,
Na Aurora da diferenciação,
Tudo mudou e a grande roda girou
Os meios e os caminhos, ela me mostrou.

Tu vê e ouve,
Cheira e gosta,
Contempla...
Tu te tornaste a luz e o som,
O atributo e o movimento,
Tu és o teu mestre e o teu Deus,
Tu próprio és o objeto da tua busca...

Tua mente tranqüila,
Teu corpo agitado,
Tua alma tão límpida
Como um lago de montanha.

O silêncio da noite é vantajoso
Para o passeio das almas
Que se erguem as mansões estelares
Ou descem aos abismos infernais...
O conhecimento reside em cabeças
Com pensamentos alheios,
A sabedoria em mentes que pensam
Por si mesmas.

Milênios e milênios se passarão
Até que o homem venha a compreender sua alma.
Muito se fala e muito se imagina sobre
Estes outros mundos, ocultos, porém, permanecem...

                                           Sheila Camargo (alternando com Blavatsky)