Leiam, reflitam, sonhem, viajem e comentem... Os comentários são importantes para sabermos suas opiniões.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

TRANSIÇÃO

Eu
         noite
                   penumbra

para não despertar curiosidade
por que desejo tocar somente
aquilo que esteja
em meu campo de intenção

a noite
         e seus filhos soturnos

agrada-me a companhia das sombras
até um certo momento

tenho comigo quase tudo
de que necessito
pouco a pouco vou sendo tomada
por novos pensamentos

pensamentos da meia-noite,
         da transição
                            do aprofundamento

deixo o som do som
e detenho a outro som,
o da madrugada que avança
em breve serei tomada
por irresistível
                   arrebatador sono

eu
         noite
                   silêncio
não vejo estrelas
não ouço rajadas
         noite
                   silêncio


                                   Sheila Camargo


.