Leiam, reflitam, sonhem, viajem e comentem... Os comentários são importantes para sabermos suas opiniões.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

OLHOS CASTANHOS

Quando o meu triste olhar percebeu o seu,
Fez-me enxergar nele o horizonte do mar,
Misterioso como no encontro com o céu
E infinito como o sublime desejo de amar.

Seus olhos castanhos e de fundos sedutores,
Cintilavam a luz do sol, pelo mar refletido,
Atraindo os meus que há muito lacrimejavam,
Sem a estima de um grande amor recém perdido.

E foi nesse momento que senti a sua atração
Refluída pelas ondas que vinham pra me levar
À linha do seu misterioso horizonte de sedução,
Lá em suas águas profundas, de amor me afogar...

                                                                    Alexandre Taissum


.